Especialista da FAAL dá dicas para lidar com o desemprego

Em maio, o mercado de trabalho brasileiro seguiu os mesmos passos do mês anterior. Mais uma vez, a taxa de desemprego subiu, chegando a 6,7%, e a renda média sofreu redução. Os dados foram divulgados ontem (25) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi a maior taxa de desemprego para o mês de maio desde 2010, quando ficou em 7,5%.

Para enfrentar este período, a professora da FAAL e especialista em Recursos Humanos, Isabel Okamoto, afirma que é preciso não se deixar contaminar pelo pessimismo. “O ideal é utilizar as folgas forçadas para se atualizar. Ler bons livros, assistir filmes com outro olhar e aproveitar o máximo de palestras e cursos são boas alternativas que devem ser levadas a sério”, afirma.

Neste período, a qualificação para desempregado torna-se ainda mais necessário. É essencial que ele utilize o tempo ocioso para fazer cursos em sua área de atuação. “Buscar um segundo idioma, cuidar da sua imagem pessoal, fazer networking, participar de feiras de negócios, ler revistas técnicas e, claro, cuidar da imagem em redes sociais porque ali é seu cartão de visitas”, destaca.

Isabel indica também o processo de Coaching, como forma de auxiliar na condução de processos de mudança como, por exemplo, mudança de carreira. “É bom porque ajuda a reavaliar a forma como conduz a carreira, melhoria de imagem, entre outros temas”, orienta a especialista.

Abaixo, segue relação de livros e filmes que podem contribuir para quem está desempregado:

Livros:

1.     Como viver em tempos de crise

Edgar Morin e Viveret Patrick

2.     Como desenvolver a autoconfiança

Christian H. Godefray

3.     Como fazer amigos e influenciar pessoas

Dale Carnigie

4.     6 Atitudes para um vencedor

Norman Vincent Peale

5.     Desperte o gigante interior

Anthony Robbins

6.     O mensageiro

Andy Andrews

7.     A mágica de pensar grande

Dr. David G. Schwartz

8.     Praticando o poder do agora

Eckhrt Tolle

9.     Sucesso sem limites

Og Mandino

10.           A fascinante construção do eu

Augusto Cury

Filmes que nos ensinam muito

1.     A Grande Virada (The Company Men EUA/2011): Bobby Walker (Ben Affleck) aparentemente não tem do que reclamar de sua vida: tem uma ótima família, um bom emprego e um Porsche na garagem. O que ele não esperava era que, devido a uma política de redução de pessoal da sua empresa, a GTX (Global Transportation Systems), ele fosse demitido. A mudança faz com que ele tenha de redefinir sua vida, lutar para retornar ao mercado de trabalho, manter a autoestima e traçar um plano de carreira.

Esse filme mostra que estar desempregado pode ser uma condição de qualquer pessoa, mas nos auxilia na reflexão sobre as mudanças de mercado, nossos valores, e, principalmente a importância de cuidar e planejar nossa carreira.

2.     O Diabo Veste Prada (The Devil Wears Prada EUA/2006): a jornalista recém-formada Andrea Sachs (Anne Hathaway) é uma jovem que conseguiu um emprego na Runaway Magazine, a mais importante revista de moda de Nova York. Ela passa a trabalhar como assistente de Miranda Priestly (Meryl Streep), principal executiva da revista. Como assistente, ela tenta lidar com as exigências de sua chefe, entrando em conflito de personalidade, porque não consegue conciliar o trabalho com a família, os amigos e o namorado.

Esse filme nos permite refletir sobre nossos valores, o que desejamos, nossos objetivos. Mostra ainda situações de gestão, trabalho em equipe, imagem profissional, qualidade de vida.

3.     Sociedade dos Poetas Mortos (Dead Poets Society EUA/1989): em uma tradicional escola preparatória, um ex-aluno (Robin Williams) se torna o novo professor de literatura, mas, logo, seus métodos de incentivar os alunos a pensarem por si mesmos cria um choque com a cultura ortodoxa do colégio.

Esse filme nos permite uma reflexão sobre a liderança sobre pessoas, desenvolvimento do pensar de forma critica, torna-se referencia profissional, quebrar paradigmas.

4.     Coach Carter – Treino Para a Vida (Coach Carter – EUA/2005): Ken Carter (Samuel L. Jackson) aceita ser o técnico de basquete de sua antiga escola, em que conseguiu recordes e que fica em uma área pobre da cidade. O novo treinador impõe um rígido regime, em que os alunos tenham de assinar um contrato se comprometendo em tirar boas notas e ter um comportamento respeitoso. As normas impostas contrariam os alunos, as mães dos alunos, os professores e a comunidade.

Esse filme permite refletir aspectos da liderança e trabalho em equipe.

5.     Poder além da vida (Scott Mechlowicz, Nick Nolte, Amy Smart): Dan Millman (Scott Mechlowicz) é um talentoso ginasta adolescente que sonha em participar das Olimpíadas. Ele tem tudo o que um garoto da sua idade pode querer: troféus, amigos, motocicletas e namoradas. Certo dia seu mundo vira de pernas para o ar, quando conhece um misterioso estrangeiro chamado Socrates (Nick Nolte). Depois de sofrer uma séria lesão, Dan conta com a ajuda de Socrates e de uma jovem chamada Joy (Amy Smart). Ele descobrirá que ainda tem muito a aprender e que terá de deixar várias coisas para trás a fim de que possa se tornar um guerreiro pacífico e assim encontrar seu destino.

6.     Uma Mente Brilhante (A beautiful mind, 2001, EUA): John Nash (Russell Crowe) é um gênio da matemática que, aos 21 anos, formulou um teorema que provou sua genialidade e o tornou aclamado no meio onde atuava. Mas aos poucos o belo e arrogante Nash se transforma em um sofrido e atormentado homem, que chega até mesmo a ser diagnosticado como esquizofrênico pelos médicos que o tratam. Porém, após anos de luta para se recuperar, ele consegue retornar à sociedade e acaba sendo premiado com o Nobel.