Matemática Licenciatura

Ato legal Reconhecimento Renovado pela Portaria SeRES nº 706 de 10 de novembro de 2016, publicada no D.O.U de 11/11/2016.

Licenciatura em Matemática

Período: Noturno
Duração: 4 anos (Licenciatura) – Aumento da carga horária para licenciaturas conforme RESOLUÇÃO Nº 2, DE 1º DE JULHO DE 2015

O Curso

O curso de Licenciatura em Matemática da FAAL tem por objetivo a formação de professores de Matemática para o Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e Médio, com uma visão ampla do conhecimento matemático e pedagógico, e que possa especializar-se posteriormente em áreas afins, como na pesquisa em Educação, Educação Matemática, Matemática, Engenharia, ou em áreas de Administração Escolar. Neste sentido, o Curso de Licenciatura em Matemática preocupa-se com a formação do educador, capacitando-o para compreender a Matemática dentro da realidade educacional brasileira nos contextos social, cultural, econômico e político; acompanhar a evolução das Ciências Pedagógicas e da Matemática necessárias à formação permanente do profissional e a aplicação das teorias matemáticas nos diversos ramos do ensino e da aplicação matemática. Além disso, o curso deve desenvolver valores no futuro profissional, como a busca constante pelo saber, o bom relacionamento pessoal e de trabalho, através de habilidades de comunicação, organização e planejamento de suas atividades.

O que o aluno irá estudar

São estudadas várias disciplinas relacionadas aos conhecimentos específicos em Matemática como: cálculo, geometria e álgebra, que formam a base de conteúdos do curso. Didática e Pedagogicamente o aluno será preparado para atuar em sala de aula por meio das aulas de prática de ensino, história da matemática, informática aplicada ao ensino da matemática, entre outras, além disso contará como uma forte base sociológica, política-educacional, filosófica e psicológica.

Campos de Atuação

Você acha que a Licenciatura em Matemática o habilita apenas para lecionar em escolas? Veja abaixo outras áreas:

ensino em escolas públicas e particulares;

assessorias pedagógicas;

produção de livro didático relativo à área de ensino da matemática;

confecção de provas específicas para concursos e vestibulares;

bancos e instituições financeiras de outros tipos.

Destaque do curso (pontos fortes)

corpo docente titulado, com vasta experiência na educação, atuando em escolas e universidades públicas do Brasil;

desenvolvimento científico como a produção de artigos e a participação em grupos de pesquisa de instituições renomadas como a Unicamp;

visitas técnicas a escolas da cidade e região;

participação em Congressos e Seminários contando com apoio financeiro da instituição .

Atividades Complementares

O aluno da Licenciatura em Matemática deverá cumprir em outras formas de atividades, as de cunho acadêmico – científico – cultural. São atividades diversas e relacionadas com o exercício de sua futura profissão.

As Atividades Complementares têm a finalidade de enriquecer o processo ensino-aprendizagem, privilegiando:

a) a complementação da formação social e profissional;

b) as atividades de disseminação de conhecimentos e prestação de serviços;

c) as atividades de assistência acadêmica e de iniciação científica e tecnológica;

d) as atividades desenvolvidas no âmbito de programas de difusão cultural.

Entende-se por Atividades Complementares as atividades extracurriculares que possibilitam ao aluno adquirir conhecimentos de interesse para sua formação pessoal e profissional, reconhecidos por meio de avaliação e que constituem um meio de ampliação de seu currículo, com experiências e vivências acadêmicas internas e/ou externas ao curso.

As Atividades Complementares integram o currículo pleno do curso constituindo-se em elemento indispensável para obtenção do grau correspondente, conforme preconiza a legislação vigente. As Atividades Complementares compreendem três categorias:

· Atividades de Ensino, com as seguintes modalidades:

a) Prestar monitorias em disciplinas constantes da organização curricular, sob a tutoria de docente da FAAL.

b) Participar em programas de apoio pedagógico sob a orientação de docentes da Faculdade.

c) Realizar estágios extracurriculares.

d) Ministrar cursos na área de formação.

· Atividades de Pesquisa, com as seguintes modalidades:

a) Desenvolver projeto de iniciação científica sob orientação de docentes.

b) Realizar pesquisa científica e/ou cultural realizada sob orientação de docentes.

c) Publicação de resenhas ou resumos de artigos em revistas especializadas.

· Atividades de Extensão, com as seguintes modalidades:

a) Projetos de Extensão: é considerado o conjunto de atividades de caráter educativo, social, ambiental, cultural e tecnológico, as quais são desenvolvidas sob a tutoria de docentes, prestigiando a comunidade acadêmica ou não.

b) Atividades para disseminação do conhecimento: conjunto de atividades que tenham como finalidade criar condições para que a comunidade externa possa usufruir e ter acesso aos bens científicos, técnicos, culturais, tais como, campanhas de difusão cultural, campanhas e atividades para conscientização social, campeonatos, ciclos de estudos, colóquios, conferências, congressos, encontros, exposições, feiras, festivais, fóruns, jornadas, mesas de debates, palestras, recitais, desfiles, seminários, simpósios, entre outros, incluindo sua organização.

c) Cursos: ações planejadas e organizadas para a difusão de conhecimento, que atendam expectativas e demandas da sociedade, executadas em espaços temporais de curto e médio prazos. Podem ser realizados na própria IES ou em outras entidades oficiais que contribuam com sua formação.

E outras atividades constantes no documento que regulamenta tais atividades.

Estágio Supervisionado

Como objetivo do estágio supervisionado no curso de Licenciatura em Matemática, observa-se a vivência do aluno no processo educativo em seu tríplice aspecto: planejamento, execução e avaliação, ampliando os conhecimentos adquiridos dentro das possibilidades e limitações de uma escola real e reafirmando a escolha feita em relação ao campo de trabalho.

Nesta perspectiva, definimos e atualizamos as normas que regulam os estágios para a formação destes profissionais, em consonância com as Diretrizes Curriculares para a Formação de Professores do Ministério da Educação.

Definição dos tipos de estágios, a carga horária e sua distribuição e locais de realização:

Tipos estágios: Os estágios são realizados nas modalidades de:

Observação – quando o estagiário observa a prática do professor;

Participação – quando o estagiário participa da prática conduzida pelo professor auxiliando na docência, elaborando um plano de ensino a ser aplicado pelo professor;

Regência – quando o estagiário elabora um plano de ensino, baseado em uma sequência didática previamente aprovada pelo professor de Prática de Ensino e aplica em sala de aula, com acompanhamento do professor . A carga horária total do estágio é de 400 horas.

Coordenador do curso:

Tiago Giorgetti Chinellato – Graduado em Matemática pela Universidade Federal de São João del-Rei. Mestre em Educação Matemática pela UNESP /Rio Claro e Doutorando na UNESP/Rio Claro. Com experiência  na rede de ensino  público paulista e em cursos preparatórios para vestibulares. Atualmente é professor da Faculdade de Administração e Artes de Limeira e coordenador do curso de Licenciatura em Matemática.

Grade Curricular

LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA - DISCIPLINASCARGA HORÁRIA
ÁLGEBRA LINEAR80
ATIVIDADES ACADÊMICAS CULTURAIS COMPLEMENTARES200
CÁLCULO DIFERENCIAL INTEGRAL A80
CÁLCULO DIFERENCIAL INTEGRAL B80
CÁLCULO DIFERENCIAL INTEGRAL C80
CÁLCULO NUMÉRICO80
DESENHO GEOMÉTRICO40
DIDÁTICA GERAL40
EDUCAÇÃO E SOCIEDADE40
ESTÁGIO SUPERVISIONADO- CICLO I/ DIURNO80
ESTÁGIO SUPERVISIONADO- CICLO II/ DIURNO160
ESTÁGIO SUPERVISIONADO- ENSINO MÉDIO DIURNO80
ESTÁGIO SUPERVISIONADO- ENSINO MÉDIO DIURNO II80
ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE80
ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DO ENSINO40
ESTRUTURAS ALGÉBRICAS40
FILOSOFIA80
FÍSICA GERAL80
FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA80
GENÊROS ACADÊMICOS40
GEOMETRIA ESPACIAL80
GEOMETRIA EUCLIDIANA PLANA80
HISTÓRIA DA MATEMÁTICA40
INFORMÁTICA APLICADA AO ENSINO DA MATEMÁTICA40
INFORMÁTICA BÁSICA80
INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO DE FÍSICA80
INTRODUÇÃO À ANÁLISE PARA LICENCIADOS40
INTRODUÇÃO À TEORIA DE NÚMEROS40
INTRODUÇÃO ÀS FUNÇÕES DE VARIÁVEL COMPLEXA40
LIBRAS- LINGUAGEM BRASILEIRA DE SINAIS80
MATEMÁTICA FINANCEIRA80
METODOLOGIA CIENTÍFICA- TCC80
METODOLOGIA DA PESQUISA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA80
PRÁTICA DE ENSINO I80
PRÁTICA DE ENSINO II80
PRÁTICA DE ENSINO IV120
PRÁTICA DO ENSINO III120
PRODUÇÃO TEXTUAL40
PSICOLOGIA APLICADA ÀS CIÊNCIAS EXATAS40
PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO40
VETORES E GEOMETRIA ANALÍTICA80
TOTAL DE HORAS DO CURSO3000

Documentos para estágio

Veja depoimentos – Licenciatura em Matemática/FAAL

 

A instituição tem autonomia para alterar a grade curricular do curso. Ressalte-se que o aluno não tem direito adquirido no que tange à grade curricular, ou seja, não é obrigatório que a grade curricular inicialmente proposta não se altere ao longo do curso. ( Lei nº 9.394/1996/ Portaria Normativa nº 40/2007).